AGENCIADO

Aramis Trindade
Ator
  • CURRÍCULO
  • DADOS PESSOAIS
  • VÍDEOS
  • FOTOS
Aramis Trindade é desses ativos atores que transformam até os pequenos papéis em joias.

Circo, Teatro, Cinema e TV: quatro veículos que solidificaram sua carreira. Iniciou no circo Brazinha aos 12 anos de idade, com seu clown Cocorote. Tem uma longa carreira no teatro, onde começou em 1977. Trabalhou em montagens de Ariano Suassuna, Dias Gomes e Molière, Millor, entre muitos outros.

Em sua carreira fez 25 peças, 57 filmes (40 longas e 17 curtas), 30 séries de tv e 08 novelas na Rede Globo. Deu vida a importantes personagens da dramaturgia brasileira como Visconde de Sabugosa no “Sítio do Picapau Amarelo”, cabo Setenta em “O Auto da Compadecida”, Fuinha de “Reflexões de um liquidificador” e o Tenente Lindalvo de “Baile Perfumado” com o qual recebeu o Prêmio Candango – prêmio de melhor ator coadjuvante no Festival de Brasília.

Estará em breve na TV Globo no elenco da série “Filhos da Pátria” de Bruno Mazzeo.

No teatro, interpreta e dirige a peça “Romeu e Julieta, cordel de Ariano Suassuna” em teatros, em domicílos e em Circuito Escolar e Alternativo.


CINEMA:

2017 – “DETETIVES DO PRÉDIO AZUL – O FILME” - Direção: André Pellenz - Personagem: Mestre Zoom
2017 – “ELA É O CARA” – Direção: Leandro Nery – Personagem: professor de Biologia
2017 – “A ÚLTIMA LUTA” – Direção: Paulo Thiago – Personagem: Jorge
2017 – “FESTA DA FIRMA” – Direção: André Pellenz – Personagem: Iuri
2017 – “GOING TO BRAZIL” - Direção: Patrick Millet. Personagem: Dr. Cláudio Fitipaldi
2016 – “ELIS, O FILME” - Direção: Hugo Prata. Personagem: Tenente Souza
2016 – “É FADA!” – Direção: Cris D’Amatto. Personagem: Tatu Chofer
2016 - “UM HOMEM SÓ” - Direção: Cláudia Jouvin. Personagem: tipo Magro;
2015 - “ENTRANDO NUMA ROUBADA” - Direção: André Moraes. Personagem: Armando/ Joe Joey;
2015 - “SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO!” – Direção: Daniel Filho. Personagem: Damião;
2015 - ”MEUS DOIS AMORES” - Direção: Luiz Henrique Rios. Personagem: Miligirdo;
2014 - “CANDIDATO HONESTO” - Direção: Roberto Santucci. Personagem: Deputado;
2013 - ”O CONCURSO” - Direção: Pedro Vasconcelos. Personagem: Marquinho bicheiro;
2013 - “MATO SEM CACHORRO” - Direção: Pedro Amorim. Personagem: taxista;
2012 - ”GONZAGA, DE PAI PARA FILHO” - Direção: Breno Silveira. Personagem: Senhor;
2011 - “O POÇO DA PEDRA” – Direção: Geraldo Damasceno. Personagem: homem;
2011 - “GIOVANI IMPROTA” - Direção: José Wilker. Personagem: PM;
2011 - “BILLY PIG” - Direção: José Eduardo Belmonte. Personagem: padre;
2011 - “CILADA.COM” - Direção: José Alvarenga Jr. Personagem: jogador de futebol;
2011 - “UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA” - Direção: César Rodrigues e André Alves Pinto. Personagem: Pachequinho;
2011 - “CASAMENTO BRASILEIRO” - Direção: Fauzi Mansur. Personagem: Zé da marreta;
2011 - “ELVIS & MADONA” - Direção: Marcelo Laffite. Personagem: Carlos;
2010 - “REFLEXÕES DE UM LIQUIDIFICADOR” - Direção: André Klotzel. Personagem: Fuinha;
2010 - “NOSSO LAR” - Direção: Wagner de Assis. Personagem: recém chegado;
2008 - “DESERTO FELIZ” – Direção: Paulo Caldas. Personagem: Rauariú;
2007 - “MEU NOME NÃO É JONHY” - Direção: Mauro Lima. Personagem: Tainha;
2006 - “INCENSO” - Direção: Marco Hanois. Personagem: Engole cobra;
2006 - “ZUZU ANGEL” - Direção: Sergio Rezende. Personagem tenente Marco Aurélio de Carvalho;
2006 - “ÁRIDO MOVIE” - Direção: Lírio Ferreira. Personagem: Marcio Greyck;
2005 - “A MÁQUINA” - Direção: João Falcão. Personagem: doido da mochila;
2004 - “ESPELHO D’AGUA – UMA VIAGEM NO RIO SÃO FRANCISCO” - Direção: Marcus Vinícius Cezar. Personagem: Zé das Carrancas;
2004 - “ONDE ANDA VOCÊ” - Direção: Sergio Rezende. Personagem: Boca Pura;
2003 - “LISBELA E O PRISIONEIRO” - Direção: Guel Arraes. Personagem: jurado de morte;
2003 - “TAINÁ 2“ - Direção: Mauro Lima. Personagem: Lacraia;
2003 - “DIDI, O CUPIDO TRAPALHÃO” - Direção: Paulo Aragão e Alexandre Boury. Personagem: Páris;
2003 - “BALA PERDIDA” - Direção: Vitor Lopes. Personagem: cego;
2002 – “AMIGAS DE BALADA” – Direção: Gil Salles. Personagem: Corno
2001 - “A VISITA” - Direção: Hilton Lacerda. Personagem: Diabo;
2000 - “CONCEIÇÃO” - Direção: Heitor Dhalia e Renato Ciasca. Personagem: Bandido Caveirinha;
2000 - “CHEGA DE CANGAÇO” - Direção: Marco Hanois. Personagem: cangaceiro;
1999 - “AUTO DA COMPADECIDA” - Direção: Guel Arraes, baseado na obra de Ariano Suassuna. Personagem: Cabo Setenta;
1999 - “TEXAS HOTEL” - Direção: Cláudio Assis. Personagem: Argentino;
1998 - “UM LAGOSTIN PARA BELISCAR” - Direção: Kátia Mesel;
1998 - “O ILUSIONISTA RUMO AO TERCEIRO MILÊNIO” - Direção: Marco Hanois. Personagem: policial;
1998 - “O ATEU” - Direção: Alexandre Nogueira. Personagem: Ateu;
1997 - “MORTO VIVO” - Direção: MSIM. Personagem: Vivo;
1996 - “BAILE PREFUMADO” - Direção: Paulo Caldas e Lírio Ferreira. Personagem: Tenente Lindalvo Rosas;
1996 - “VIVA O CINEMA” - Direção: Cláudio Assis; Personagem: Narrador
1996 - “SE PAREDE TEM OUVIDO, PORQUE RUA NÃO TEM BOCA” - Direção: Ana Cláudia Barbosa e Alessandra Brabosa;
1994 - “THAT´S A LERO LERO” - Direção: Lírio Ferreira e Amin Stepple Hilvey. Personagem: Caio Souza Leão;
1993 - “SONETO DO DESMANTELLO BLUE” - Direção: Cláudio Assis. Personagem: narrador;
1993 - “OLHO DA SIBILA” - Direção: Camila Targino. Personagem: protagonista sem nome;
1990 - “O CRIME DA IMAGEM” - Direção: Lírio Ferreira. Personagem: Cego Tirésias;
1987 - “ANDY WARHOL ESTÁ MORTO” - Direção: Marco Hanois.
1986 - “BANDEIRA, BANDEIRAS” - Direção: Jomard Muniz de Brito;
1986 - “O BANDIDO DA SÉTIMA LUZ” - Direção: Paulo Caldas. Personagem: Chupido.
1984 – “O GRANDE SLAM” – Direção: Marco Hanois.


TELEVISÃO:

2016 – “LIBERDADE, LIBERDADE”, Rede Globo – Direção: Vinicius Coimbra. Personagem: João Bono 2012 - “CHEIAS DE CHARME”, Rede Globo - Direção: Denise Saraceni. Personagem: Walmir;
2011 - “CORDEL ENCANTADO”, Rede Globo - Direção: Amora Mautner e Ricardo Waddington. Personagem: Raimundo;
2010 - “MALHAÇÃO”, Rede Globo - Direção: Mario Marcio Bandarra. Personagem: Nelson, o pedófilo;
2010 - “CAMA DE GATO”, Rede Globo - Direção: Ricardo Waddington e Amora Mautner. Personagem: Dr. Emanoel;
2009 - “PARAÍSO”, Rede Globo - Direção: Rogério Gomes. Personagem: Zé das mortes;
2008 - “FAVORITA”, Rede Globo - Direção: Ricardo Waddington. Personagem: mordomo Clemente;
2004 – “DA COR DO PECADO”, Rede Globo - Direção: Denise Saraceni. Personagem: matuto;


SÉRIES E PROGRAMAS DE TV:

2017 – “CIDADE MARAVILHOSA – A SÉRIE”, (independente) Direção: André Munhoz e Breno Di Fillipo. Personage: porteiro
2016 – “FILHOS DA PÁTRIA”, Rede Globo – Direção: Maurício Farias. Personagem: Delógenes
2015 – Mr. Braun
2015 – “Magnífica 70” , HBO – Direção: Cláudio Torres e Arthur Fontes. Personagem: Juiz Militar
2015 – “AMORTEAMO”, Rede Globo – Direção: Flávia Lacerda. Personagem: Manoel;
2014 - “TRAIR E COÇAR É SÓ COMEÇAR”, Multishow – Direção: César Rodrigues e Caetano Caruso. Personagem: Diocleciano;
2014/2012 - “ZORRA TOTAL”, Rede Globo – Direção: Mauricio Scherman. Personagem: vários;
2011 - “HISTÓRIAS DO BRASIL”, Rede Globo - episódio: “Imprensa e propaganda” – direção: Arthur Fontes;
2011 - “DIVÃ, a série”, Rede Globo - Direção: José Alvarenga Jr. Personagem: paparazzi;
2011 - “OS AMORAIS”, Canal Brasil - Direção: Fernando Ceylão. Personagem: Juan;
2010 - “AS CARIOCAS – A DESINIBIDA DO GRAJAÚ”, Rede Globo - Direção: Cris D’Amato. Personagem: Jeová;
2010 - “S.O.S. EMERGÊNCIA”, Rede Globo direção: José Alvarenga Jr. Personagem: psicopata;
2010 - “SEPARAÇÃO?!”, Rede Globo - Direção: José Alvarenga Jr. Personagem: preso apaixonado;
2009 - “DOMINGO É DIA DE .../FANTÁSTICO, Rede Globo - Direção: Flávia Lacerda. Personagem: Erenice;
2009 - “FORÇA TAREFA”, Rede Globo - Direção: Marcio Mario Bandarra. Personagem: Pilatos;
2007 - “TOMA LÁ , DÁ CÁ”, Rede Globo - Direção: Cininha de Paula. Personagem: Pereirinha;
2007 - “SÍTIO DO PICA PAU AMARELO”, Rede Globo - Direção: Carlos Magalhães. Personagem: Libério;
2006 - “CARGA PESADA”, Rede Globo - Direção: Marcos Paulo. Personagem: Condena;
2006 - “7 PECADOS”/FANTÁSTICO, Rede Globo - Direção: João Falcão. Episódio “A Gula”;
2005 - “HOJE É DIA DE MARIA”, Rede Globo - Direção: Luis Fernando Carvalho. Personagem: 3º. Cangaceiro;
2004 - “A DIARISTA”, Rede Globo - Direção: José Alvarenga Jr. Personagens: Jodair e pastor;
2003 a 2006 - “SÍTIO DO PICA PAU AMARELO”, Rede Globo - Direção: Cininha de Paula. Personagens: Visconde de Sabugosa e Libério;
2003 - “CARGA PESADA”, Rede Globo - Direção: Marcos Paulo. Personagem: Teco;
2002 - “LINHA DIRETA”, Rede Globo - Direção: Paulo Ghelli. Personagem: Benedito Caetano;
2002 - “A GRANDE FAMÍLIA”, Rede Globo - Direção: Mauricio Farias. Personagem: Marreta;
2002 - “SEXO FRÀGIL”, Rede Globo - Direção: João Falcão. Personagens: Roberto Carlos e Maria Bethania;
2001 - “A MODA DO CHIFRE” – Brava Gente (TV Globo) direção: Carlos Araújo. Personagem: Comissário Janjão;
1999 - “AUTO DA COMPADECIDA”, Rede Globo - Obra de Ariano Suassuna, Direção: Guel Arraes. Personagem: Cabo Setenta;
1998 - “O ACIDENTE – “MULHER”, Rede Globo - Direção: Cininha de Paula e Alvarenga Jr. Personagem: Valter;
1990 E 1991 - “PROGRAMA GRÉIA GERAL”, de Lula Queiroga, Zé Teles e Bione.


TEATRO:

2012 – 2017 - “ROMEU E JULIETA, CORDEL DE ARIANO SUASSUNA”, direção de Aramis Trindade. Personagens: Quaderna e Ariano Suassuna III; 2016 - “PAIXÃO DE CRISTO”, direção de Gustavo Bechara. Personagem: Caifás;
2014 - “PAIXÃO DE CRISTO”, direção de Gustavo Bechara. Personagem: Caifás;
2007 - “UM BOÊMIO NO CÉU”, direção de Amir Haddad. Personagem: Santo Onofre;
2003 - “A VER ESTRELAS”, direção de João Falcão. Personagem: Fly;
2002 a 2004 - “HOMEM OBJETO”, direção de João Falcão. Personagens variados;
2000 a 2002 - “LISBELA E O PRISIONEIRO”, de Osman Lins, direção de Guel Arraes. Personagem: Matador;
1987 e 2000 - “É UMA BRASA, MORA”, de Boris Trindade, direção: Alfredo Neto. Personagem: Roberto Carlos;
1996/97 - “AUTO DO RICO AVARENTO”, “A PEDRA DO REINO” e “A HISTÓRIA DO AMOR DE ROMEU E JULIETA”, uma trilogia de Ariano Suassuna, direção de Romero Andrade Lima.
1996 - “BRÁULIO TAVARES – 12 PEÇAS!”, Projeto Teatro Filmado, de Romero Andrade Lima.
1997/98 - “MANGABA COM CATUABA”, um pastoril de Antonio Guinho, participação do conjunto Pingo de Ouro;
1994/95 - “MAMÃE NÃO PODE SABER” 1994/95, texto e direção de João Falcão. Personagens: Priscila, Zepa e Arthur;
1990 - “A VER ESTRELAS”, texto e direção de João Falcão. Personagens: Jonas e Fly;
1988 - “FELIZ ANO VELHO”, de Marcelo Rubens Paiva e direção de Carlos Bartolomeu. Personagens: Dr. Mangueira e outros;
1987/88 - “O BURGUÊS FIDALGO”, de Molière e direção de Antônio Cadengue. Personagem: Corvielle e Mestre de Música;
1988/89 - “É…”, de Millôr Fernandes e direção de Milton Baccareli. Personagem: Oto;
1985 - “VIVA A RAINHA DO RÁDIO”, um musical de Boris Trindade, direção de Alfredo Neto;
1994“FOI BOM, MEU BEM?”, de Luis Alberto de Abreu e direção de José Pimentel;
1982/83 e 88 - “AURORA DA MINHA VIDA”, de Nahum Alves de Souza e direção de José Pimentel;
1984 - “AMOR EM CAMPO MINADO”, de Dias Gomes e direção de Aderbal Júnior (assistente de direção);
1982 - “PAIXÃO DE CRISTO” Nova Jerusalém - PE, “FREI CANECA” e “AUTO DE NATAL”, uma trilogia de Plínio Pacheco;
1978 - “CIRCO DA ONÇA MALHADA”, Sítio da Trindade;
1979/82 - “CIRCO BRAZINHA”, Nova Jerusalém.


PRÊMIOS:

1982 - Ator revelação da peça “RUA DA CRUZ SEM NÚMERO” de Wilson Freire, em Salvador -B.A.;

1986 - Troféu Samuel Campelo - como ator revelação com as peças “É UMA BRASA, MORA!” de Bóris Trindade e “ TAL E QUAL, NADA IGUAL” de Jomard Muniz de Brito, em P.E;

1994 - Diploma Valdemar de Oliveira – de melhor intérprete – com a peça “MAMÃE NÃO PODE SABER” de João Falcão, em PE; 1996 - Prêmio de melhor locução – MIS – “SE PAREDE TEM OUVIDO, PORQUE RUA NÃO TEM BOCA”, em São Paulo – SP; 1997 - Troféu Candango, melhor ator coadjuvante no Festival de Cinema Nacional de Brasília, com o filme “BAILE PERFUMADO” de Paulo Caldas e Lírio Ferreira.

Protagonizou o programa da “Todos com a Nota” – 1996/97 com sorteios semanais e teatro filmado. Total de 12 peças de Bráulio Tavares. Protagonizou também comerciais publicitários desde 1990, como: FORD, Posto ESSO, Jornal do Comércio, Jornal da Paraíba, Banco Rural de Brasília, Shopping Center de Recife, Shopping Center Guararapes, Bom Preço e Hiper, Exótica Calçados, Prefeitura do Recife, Prefeitura de Aracajú, Comeg Center, DETRAN.


NOME COMPLETO: Aramis Trindade

 

LOCAL DE NASC.: Recife - PE

 

DATA DE NASC.: 05/03/1965

 

ALTURA: 1,80

 

PESO: 62

 

SAPATOS: 40

 

OLHOS: Castanhos

 

CABELOS: Castanhos

 

MANEQUIM: 40

 

CAMISA: M